Blumenau 10k: ah, velocidade!

Esse negócio de treinar para o Desafrio é diferente do que estava acostumada. Longos de verdade, e com subidas, descidas,  sempre procurando um lugar ruim para treinar, porque quanto pior, melhor. Tem sido incrível treinar sempre em boa companhia (ainda mais com gente que é bem mais top), e, sinceramente, pra fazer 24km, 18km, se não fosse com as meninas (Clenir, Giovana, Grazi, Simone no domingo debaixo de chuva)...não ia dar, porque a gente vai ficando cansada e começa a pensar nisso: em estar cansada, e isso não leva ninguém para frente. Quando voce combina de ir com alguém, já cria o compromisso, nem pensa muito, e durante o treino tem bastante distração, além de uma ir empurrando a outra (às vezes, quase literalmente).
Então não estou treinando velocidade, porque tiros de 2km, 3km, não são beeem tiros, não é verdade?
E eis que chega o Blumenau 10k. Quarta edição, participo desde a primeira, conheço o percurso e gosto muito, porque vai todo mundo e tem premiação por categoria.
A prova é organizada, agora com patrocínio da Caixa (obrigada, inclusive, por acreditar em mim como correntista atleta) , tem hidratação suficiente, segurança, transito parado (com direito a motorista mal humorado reclamando, coitado, sabe de nada, inocente), e a gente se sente em cidades grandes que incentivam a corrida de rua, porque tem gente só assistindo na Rua Quinze, gente esperando para assistir a chegada, muito legal. 
E tendo percursos de 5km e 10km (que não corresponde a duas voltas do 5km), fica bem democrática a prova. A camiseta é bonita, mas o tecido eu não gostei, de novo. 
Blumenau tem muitos corredores fortes, impressionante. Mais de 1000 inscritos, com gente vindo de várias cidades próximas.
Eu larguei para me divertir, mas como saí muito atrás, dei uma apurada para não ficar nervosa no meio da multidão, e desci com vontade porque estou treinando descida. A ideia era passear, já tinha feito 18km na sexta feira. 
O tempo estava ótimo, choveu no sábado e domingo abriu um sol gostoso e temperatura amena, 17 graus, perfeito para correr.
No km 6 eu vi que estava bem, e com uma certa saudade de apertar o passo, resolvi tentar fazer um tempo que não fosse vergonhoso (tinha pensado em só não deixar passar de 50', mas depois que a gente vê o povo todo correndo...), e me joguei.
Fui alcançando e passando quem eu conseguia, e estava bom...
Resultado: mesmíssimo tempo do ano passado, 48'12", com a diferença de que não estava treinando velocidade. Nada excepcional, mas ótimo para as circunstâncias. Não sofri, cheguei sobrando, porque  aquela famosa subidinha no final da prova, uns 400m da rua Sete de Setembro, desta vez não me incomodou em nada, nem senti como subida, graças aos treinos fortes. 
Missão altamente bem sucedida, e segundo lugar na categoria, trofeu lindão com o Arthur feliz da vida.
Agora é finalizar o polimento para o Desafrio e aguentar o rojão.
Ontem corri no dia mais frio até agora, e meu problema é ajustar a respiração, o ar gelado me perturba, tem que acostumar. Mas vão ser 25 km para isso hahahaha.
Dieta em adaptação também, e confesso que não vejo a hora de fazer a prova de uma vez e estabelecer as novas metas, ainda curto correr 10km e forçar a velocidade um pouco, ser competitiva pelo menos na categoria. 
Faltam dez dias, e vai ser linnnndoooo!!! Vamos treinar e aproveitar o metabolismo acelerado no frio!!!






Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Avaliação do Nike Odissey React - guest post by Simone Andriani!!

O que eu aprendi treinando para uma maratona - para a corrida e para a vida

Do que você está sentindo falta?