Até o Muttai...

Começou a correr usando tênis e roupas de corrida usados. Sabem quem é ele? Geoffrey Muttai é queniano, corredor, dono do recorde não registrado em maratona. Com tempo de 2h03min02seg (abaixo do recorde da época), ele venceu a maratona de Boston em 2011, mas "não valeu", porque o percurso da prova não é sancionado para efeitos de recorde por conta de ser num só sentido, em descida, blablabla. Desde então, embora ele já tenha vencido muita coisa, sonha em bater o recorde na maratona, que pertence a outro queniano (jura?).
E ele, o Geoffrey, segundo a reportagem da O2 deste mês, não tinha dinheiro para comprar tênis, e, pobre que era, sua diversão era correr, ficava feliz. Só que era bom. Com 17 anos, ele treinava de manhã e à tarde trabalhava no sistema penitenciário do Quenia., em um sistema muito louco em que instituições acolhem semiprofissionais, que em contrapartida cumprem com obrigações junto a tais entidades.
Em Blumenau tem muita gente talentosa no atletismo, e muitos jovens, quase crianças, com um baita potencial, que não precisa ser desperdiçado. São meninos e meninas que não podem comprar tênis de corrida, e chegam a correr descalços ou com sapatos normais, e ainda assim correm bem. Então imagina com o aparato adequado? Aquele tênis que voce pagou e não foi barato, mas que apesar de linnndo e moderno, não ficou bom no pé, apertou em cima, ficou esquisito, não serve para seus treinos...
E ontem, depois de ler a reportagem e conversando com o Jorge Theiss na Radio Nereu, pensei no seguinte: é possível que um tênis doado por um de vocês seja usado por um menino ou uma menina que, num futuro não tão longínquo, vire um atleta profissional e de alto nível!!! Achei tão legal esse meu pensamento, embora tenha me achado meio infantil agora que escrevi e li...
Enfim, seja ou não assim, o tempo está acabando.
Eu ia encerrar hoje o prazo de doações, ja adiado. Mas, por conta da entrevista na Radio Nereu, que foi muito divertida, fui recebida e tratada como uma princesa, agradeço muitíssimo ao Jota e sua equipe,  várias pessoas falaram que têm tênis para doar, tinham esquecido, não foram a nenhum dos postos de coleta, etc.
Então, ate sexta feira podem levar seus tênis aos postos de coleta, já que só vou recolher as doações na segunda feira.
E, para facilitar ainda mais quem tem tênis e não quer se movimentar muito, amanhã duas oportunidades extras de doação: de manhã, das 9 as 10h45min,  estarei na Academia Master, para aula de natação, e vou levar números para cadastro para o sorteio,  e a Grazi, professora de la e coordenadora do grupo de corrida, estará em diversos horários,  ela está recebendo doações para mim, e tem números para entregar também, porque ela é uma super amiga querida que está fazendo isso.
E à noite vou estar na Adhering para o evento de lançamento oficial do grupo de natação Blumenau Águas Abertas, e também vou recolher tênis de quem quiser entregar.
E não esqueçam de cadastrar o número recebido ali embaixo do regulamento.
Espero vocês amanhã, depois de treinar...










Comentários

  1. Ninguém pode duvidar das potencialidades existentes entre quaisquer grupos de pessoas. As vezes até onde não se espera surgem grandes estrelas. Então, se for infantil o pensamento de que podemos estar ajudando um futuro grande atleta, que todos eles sejam, porque devemos acreditar nisso! ;-)

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Avaliação do Nike Odissey React - guest post by Simone Andriani!!

O que eu aprendi treinando para uma maratona - para a corrida e para a vida

Do que você está sentindo falta?