Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2017

Fiz uma corrida virtual!

Imagem
Já ouviram falar de Virtual Runner? Então, eu vi uma vez algo sobre o assunto e fui dar uma procurada. No Brasil encontrei só uma, em favor da Casa Hope de São Paulo, mas as inscrições estavam esgotadas. Nos EUA  e na Europa tem bastante, é uma tendência.  Já deve ter gente  achando que corrida virtual é ficar no sofá com uns óculos supermodernos no rosto, com um programa que faz um 4D tão legal que você não corre, só vê a paisagem correspondente, mas até fica suado no final. Nãnãnão. A corrida é real, a prova é virtual. Isso significa que é flexível. Você corre quando quiser, onde quiser. Estranho? Fui conferir. Tem um site com várias provas, o www.virtualrunneruk.com, todas com alguma parte da inscrição para uma  caridade, e em algumas provas você pode até escolher para quem quer doar.  Nunca vai parecer uma prova de corrida de rua como as que estamos acostumados, porque você corre sozinho, a princípio, e marca seu tempo, submetendo à aprovação da organização.  Então falta

Qual é a sua preguiça?

Preguiça, pelos dicionários, é:  característica ou atitude que demonstra pouca disposição para o trabalho, ou aversão ao trabalho. Está também relacionada com negligência, indolência, mandriice, demora ou lentidão em praticar qualquer ação. Alguém se identifica? Ah, vai. Quem nunca? Vamos pular a parte que diz respeito  ao trabalho, e vamos ao que nos interessa aqui. Demora ou lentidão para praticar uma ação...relacionada à corrida, naturalmente.  Quando pensamos em preguiça nessa área, geralmente é para correr, certo? Então, quero mostrar que existem outras formas de preguiça, que podem nos prejudicar ainda mais. A preguiça mais comum, acredito, é aquela de manhã, de acordar, levantar e ir correr. Mais do que preguiça, é falta de coragem mesmo. A gente vive é na inércia,e  a cama está sempre tão boa, e normalmente dormimos menos do que gostaríamos...é muito tentador ficar mais um pouquinho, né? Nããããããooooo!! Eu, sinceramente, tenho poucas vezes este sentimento. Na verdade, t

Oba, São Silvestre! Eu fiz!

Pegadinha...hahahaha! Já perdi a conta de quantas pessoas me perguntam, todos os anos, no final de novembro, começo de dezembro, se vou correr a São Silvestre. Porque é óbvio que eu iria, afinal de contas, eu corro e, inclusive, para alguns, corro loucamente. Várias pessoas acham que correr de verdade é participar da São Silvestre. Entendo. É a prova de corrida de referência brasileira. Orgulho nacional ter uma prova de rua de expressão mundial como essa, em São Paulo, e em pleno dia 31 de dezembro!  A única pessoa que acha normal eu não correr a São Silvestre é minha mãe, porque ela pensa que é uma maratona (assim como milhares de pessoas), e incrivelmente ela sabe que eu não corro maratona, pelo menos por enquanto. Muitos não se conformam que não vou. O que realmente é de estranhar, porque a prova é de 15km, a distância que acho top. Mas vamos chegar lá. Tenho meus motivos, embora adore a prova pela sua existência. Não pertencendo a uma família de atletas, minhas recordações da Sã